Esta é uma tradução da página de documentação original em inglês. Ajude-nos a torná-la melhor.

Sidebar

Zabbix Summit 2022
Register for Zabbix Summit 2022

1 Red Hat Enterprise Linux/CentOS

Visão geral

Os pacotes oficiais Zabbix estão disponíveis para:

RHEL 8, CentOS 8 e Oracle Linux 8 Download

Os pacotes estão disponíveis com banco de dados MySQL/PostgreSQL e suporte ao servidor da web Apache/Nginx.

O Zabbix 6.0 ainda não foi lançado. Os links de download levam a pacotes pre-5.4.

Verificar CA encryption mode não funciona no no RHEL 7 com MySQL devido a bibliotecas antigas do MySQL.

Os pacotes do agente Zabbix e utilitários Zabbix get e Zabbix sender estão disponíveis para RHEL 7, RHEL 6 e RHEL 5, incluvise.

O repositório oficial do Zabbix também fornece os pacotes fping e libssh2. Estes pacotes estão localizados no diretório non-supported.

Notas sobre a instalação

Veja Instruções de instalação por plataforma na página de download para:

  • instalando o repositório
  • instalando servidor/agente/frontend
  • criação de banco de dados inicial, importação de dados iniciais
  • configuração de banco de dados para servidor Zabbix
  • Configurando PHP para Zabbix frontend
  • iniciar processos de servidor/agente
  • Configurando o frontend Zabbix

Se você deseja executar o agente Zabbix como root, veja Executando o agente como root.

processo de serviço web Zabbix, que é usado para criação de relatório agendado, requer o navegador Google Chrome. O navegador não está incluído no pacotes e deve ser instalado manualmente.

Importando dados com Timescale DB

Com o TimescaleDB, em adição ao comando de importação para PostgreSQL, também execute:

# zcat /usr/share/doc/zabbix-sql-scripts/postgresql/timescaledb.sql.gz | sudo -u zabbix psql zabbix

TimescaleDB é suportado somente com o servidor Zabbix.

PHP 7.2

O frontend do Zabbix requer o PHP na versão 7.2 ou mais recente.

Configuração do SELinux

Com o SELinux no status habilitado no modo enforcing, você precisará executar os seguintes comandos para habilitar a comunicaçãoentre o frontend e servidor Zabbix:

RHEL 7 e posterior:

# setsebool -P httpd_can_connect_zabbix on
       Se o banco de dados estiver acessível pela rede (includindo 'localhost' no caso do PostgreSQL), você precisará permitir com que o frontend do Zabbix se conecte ao banco de dadosy:
       # setsebool -P httpd_can_network_connect_db on

Anterior ao RHEL 7:

# setsebool -P httpd_can_network_connect on
       # setsebool -P zabbix_can_network on

Depois que a configuração do frontend e do SELinux estiverem concluídas, reincie o servidor web Apache: # service httpd restart

In addition, Zabbix provides the zabbix-selinux-policy package as part of source RPM packages for RHEL 8 and RHEL 7. This package provides a basic default policy for SELinux and makes zabbix components work out-of-the-box by allowing Zabbix to create and use sockets and enabling httpd connection to PostgreSQL (used by frontend).

The source zabbix_policy.te file contains the following rules:

module zabbix_policy 1.2;
       
       require {
         type zabbix_t;
         type zabbix_port_t;
         type zabbix_var_run_t;
         type postgresql_port_t;
         type httpd_t;
         class tcp_socket name_connect;
         class sock_file { create unlink };
         class unix_stream_socket connectto;
       }
       
       #============= zabbix_t ==============
       allow zabbix_t self:unix_stream_socket connectto;
       allow zabbix_t zabbix_port_t:tcp_socket name_connect;
       allow zabbix_t zabbix_var_run_t:sock_file create;
       allow zabbix_t zabbix_var_run_t:sock_file unlink;
       allow httpd_t zabbix_port_t:tcp_socket name_connect;
       
       #============= httpd_t ==============
       allow httpd_t postgresql_port_t:tcp_socket name_connect;

This package has been created to prevent users from turning off SELinux because of the configuration complexity. It contains the default policy that is sufficient to speed up Zabbix deployment and configuration. For maximum security level, it is recommended to set custom SELinux settings.

Instalação do proxy

Assim que o repositório necessário for adicionado, você pode instalar o proxy Zabbix executando:

# dnf install zabbix-proxy-mysql

Substitua 'mysql' nos comandos por 'pgsql' para utilizar o PostgreSQL, ou com 'sqlite3' para utilizar o SQLite3 (apenas para o proxy).

Criando o banco de dados

Create um banco de dados separado para o proxy Zabbix.

O servidor Zabbix e o proxy Zabbix não podem utilizar o mesmo banco de dados. Se estiverem instalados no mesmo host, o banco de dados do proxy deverá ter um nome diferente.

Importando dados

Importe o esquema inicial:

# zcat /usr/share/doc/zabbix-sql-scripts/mysql/schema.sql.gz | mysql -uzabbix -p zabbix

Para o proxy com PostgreSQL (ou SQLite):

# zcat /usr/share/doc/zabbix-sql-scripts/postgresql/schema.sql.gz | sudo -u zabbix psql zabbix
       # zcat /usr/share/doc/zabbix-sql-scripts/sqlite3/schema.sql.gz | sqlite3 zabbix.db
Configurar o banco de dados para o proxy Zabbix

Editar zabbix_proxy.conf:

# vi /etc/zabbix/zabbix_proxy.conf
       DBHost=localhost
       DBName=zabbix
       DBUser=zabbix
       DBPassword=<senha>

Em DBName para o proxy Zabbix utilizar um banco de dados separado para o servidor Zabbix.

Em DBPassword utilizar a senha do banco de dados do Zabbix para o MySQL; utilizar a senha de usuário do PosgreSQL para o PosgreSQL.

Utilizar DBHost= com PostgreSQL. Você pode querer manter a configuração padrão DBHost=localhost (ou um endereço IP), mas isto faria com que o PostgreSQL utilize um soquete de rede para se conectar ao Zabbix. Veja SELinux configuration para instruções.

Iniciando o processo do proxy Zabbix

Para iniciar o processo do proxy Zabbix e fazer com que seja iniciado na inicialização do sistema:

# service zabbix-proxy start
       # systemctl enable zabbix-proxy
Configuração do frontend

O proxy Zabbix não possui frontend; somente se comunica com o servidor Zabbix.

Instalação do Java gateway

Necessário instalar o Java gateway apenas se você quiser monitorar aplicações JMX. O Java gateway é leve e não requer um banco de dados.

Assim que o repositório necessário for adicionado, você pode instalar o Zabbix Java gateway executando:

# dnf install zabbix-java-gateway

Prossiga para setup para mais detalhes sobre a configuração e execução do Java gateway.

Instalando pacote debuginfo

Os pacotes Debuginfo estão atualmente disponíveis par/CentOS versões 7, 6 e5.

Para habilitar o repositório debuginfo , edite o arquivo /etc/yum.repos.d/zabbix.repo . Altereenabled=0 paraenabled=1 para repositório zabbix-debuginfo .

[zabbix-debuginfo]
       name=Zabbix Official Repository debuginfo - $basearch
       baseurl=http://repo.zabbix.com/zabbix/5.5/rhel/7/$basearch/debuginfo/
       enabled=0
       gpgkey=file:///etc/pki/rpm-gpg/RPM-GPG-KEY-ZABBIX-A14FE591
       gpgcheck=1

Isso permitirá que você instale o pacote zabbix-debuginfo.

# yum install zabbix-debuginfo

Este único pacote contem informações de depuração de todos componente binários Zabbix