Zabbix Documentation 3.2

2.23.03.4In development:4.0Unsupported versions:1.82.02.43.2

User Tools

Site Tools

This translation is older than the original page and might be outdated. See what has changed.

Sidebar


Ask questions to Zabbix Dev Team in person at the Zabbix Summit 2018!
pt:manual:web_monitoring

8. Monitoramento web

Visão geral

Com o Zabbix você pode verificar a disponibilidade de diversos aspectos de sites web.

Para executar a verificação web o Zabbix Server precisa ser configurado com suporte ao cURL (libcurl).

Para ativar a monitoração web você precisa definir cenários web. Um cenário web consiste em uma ou mais requisições HTTP (passos). Os passos são periodicamente executados pelo Zabbix Server em uma ordem pré-definida.

Desde o Zabbix 2.2 os cenários web podem ser associados a hosts/templates da mesma forma que os itens, triggers, etc. Isso possibilita que eles sejam criados no nível de template e sejam aplicados em vários hosts de uma só vez.

As seguintes informações são coletadas por qualquer cenário web:

  • velocidade média de download de todos os passos do cenário
  • número de passos com falha
  • última mensagem de erro

As seguintes informações são coletadas para cada passo de um cenário web:

  • velocidade de download por segundo
  • tempo te resposta
  • código de resposta

O Zabbix também verifica se uma página HTML contêm determinado texto. Ele pode executar um login simulado e seguir um caminho simulado de cliques de mouse na página.

A monitoração web do Zabbix suporta tanto HTTP quanto HTTPS. Quando estamos executando um cenário web, o Zabbix opcionalmente pode seguir os redirecionamentos percebidos em um passo (veja opção Seguir redirecionamento). A quantidade máxima de redirecionamentos suportado são 10 (utilizando a opção cURL CURLOPT_MAXREDIRS). Todos os cookies são preservados durante a execução de um cenário.

O dado coletado de um cenário em execução é guardado no banco de dados, estes dados são automaticamente utilizados para gráficos, triggers e notificações. Consulte também: Itens de Monitoração.

Consulte também problemas conhecidos para a monitoração web usando HTTPS.

Configurando um cenário web

Para configurar um cenário web:

  • Acesse Configuração → Hosts (ou Templates)
  • Clique no link Web da linha do host/template
  • Clique no botão Criar cenário web situado no canto direito da barra de título
  • Informe os parâmetros do cenário

A aba Cenário permite configurar os parâmetros gerais de um cenário web.

Parâmetros gerais:

ParâmetroDescrição
Host Nome do host/template ao qual o cenário pertence.
Nome Nome único do cenário.
A partir do Zabbix 2.2, the name may contain supported macros.
Application Select an application the scenario will belong to.
Web scenario items will be grouped under the selected application in Monitoring → Latest data.
New application Enter the name of a new application for the scenario.
Update interval (in sec) How often the scenario will be executed, in seconds.
Attempts The number of attempts for executing web scenario steps. In case of network problems (timeout, no connectivity, etc) Zabbix can repeat executing a step several times. The figure set will equally affect each step of the scenario. Up to 10 attempts can be specified, default value is 1.
Note: Zabbix will not repeat a step because of a wrong response code or the mismatch of a required string.
This parameter is supported A partir do Zabbix 2.2.
Agent Select a client agent.
Zabbix will pretend to be the selected browser. This is useful when a website returns different content for different browsers.
User macros can be used in this field, A partir do Zabbix 2.2.
HTTP proxy You can specify an HTTP proxy to use, using the format: http://[username[:password]@]proxy.mycompany.com[:port]
By default, 1080 port will be used.
If specified, the proxy will overwrite proxy related environment variables like http_proxy, HTTPS_PROXY. If not specified, the proxy will not overwrite proxy related environment variables.
The entered value is passed on “as is”, no sanity checking takes place. You may also enter a SOCKS proxy address. If you specify the wrong protocol, the connection will fail and the item will become unsupported. With no protocol specified, the proxy will be treated as an HTTP proxy.
Note: Only simple authentication is supported with HTTP proxy.
User macros can be used in this field.
This parameter is supported A partir do Zabbix 2.2.
Variables List of scenario-level variables (macros) that may be used in scenario steps (URL, Post variables).
They have the following format:
{macro1}=value1
{macro2}=value2
{macro3}=regex:<regular expression>
For example:
{username}=Alexei
{password}=kj3h5kJ34bd
{hostid}=regex:hostid is ([0-9]+)
If the value part starts with regex: then the part after it will be treated as a regular expression that will search the web page and, if found, store the match in the variable. Note that at least one subgroup must be present so that the matched value can be extracted.
The macros can then be referenced in the steps as {username}, {password} and {hostid}. Zabbix will automatically replace them with actual values.
Having variables that search a webpage for a regular expression match is supported A partir do Zabbix 2.2.
HOST.* macros and user macros can be used in this field, A partir do Zabbix 2.2.
Note: Variables are not URL-encoded.
Headers HTTP headers that will be sent when performing a request.
HOST.* macros and user macros can be used in this field.
Specifying custom headers is supported A partir do Zabbix 2.4.
Enabled The scenario is active if this box is checked, otherwise - disabled.

Note that when editing an existing scenario, two extra buttons are available in the form:

Create another scenario based on the properties of the existing one.
Delete history and trend data for the scenario. This will make the server perform the scenario immediately after deleting the data.

If HTTP proxy field is left empty, another way for using an HTTP proxy is to set proxy related environment variables.

For HTTP checks - set the http_proxy environment variable for the Zabbix server user. For example, http_proxy=http://proxy_ip:proxy_port.

For HTTPS checks - set the HTTPS_PROXY environment variable. For example, HTTPS_PROXY=http://proxy_ip:proxy_port. More details are available by running a shell command: # man curl.

The Steps tab allows you to configure the web scenario steps. To add a web scenario step, click on Add.

Configuring steps

Step parameters:

ParameterDescription
Name Unique step name.
A partir do Zabbix 2.2, o nome pode conter macros.
URL URL a se conectar e receber dados, por exemplo:
http://www.zabbix.com
https://www.google.com
variáveis GET podem ser passadas pelo parâmetro URL.
A partir do Zabbix 2.2, este campo pode conter as macros suportadas.
Limitado a 2048 characteres A partir do Zabbix 2.4.
Post Variáveis HTTP POST, se existirem.
Por exemplo:
id=2345&userid={user}
Se {user} for definido como uma macro do cenário web, ela será substituída por seu valor quando o passo for executado.
A informação será enviada da forma que for informada, elas não serão codificadas em padrão URL.
A partir do Zabbix 2.2, este campo pode conter macros.
Variables Lista das variáveis do passo (macros) que podem ser utilizadas em funções de GET e POST.
Variáveis em nível de passo sobrepõe as variáveis em nível de cenário.
Elas possuem o seguinte formato:
{macro}=value
{macro}=regex:<regular expression>
Para mais detalhes veja a descrição de variáveis no manual de níveis de cenário.
O suporte para variáveis em nível de passo é suportado a partir do Zabbix 2.2.
Note: As variáveis não são codificadas em formato de URL. | |Headers |Os headers HTTP serão enviados quando for executada uma solitação. Os headers no nível do asso irão sobrescrever os headers definidos no nível do cenário. Por exemplo, 'User-Agent:' sem dados remove 'User-Agent' definido no nível de cenário.
As macros HOST.* e as macros de usuário podem ser utilizadas neste campo.
A especificação de headers customizados é suportada a partir do Zabbix 2.4
.
Seguir redirecionamentos Marque esta opção para seguir os redirecionamentos HTTP.
Isso configura a opção cURL CURLOPT_FOLLOWLOCATION.
Esta opção é suportada a partir do Zabbix 2.4. | |Receber apenas os cabeçalhos |Marque esta opção para receber apenas os cabeçalhos da resposta HTTP.
Isso configura a opção cURL CURLOPT_NOBODY.
Esta opção é suportada a partir do Zabbix 2.4
.
Timeout O zabbix não irá gastar mais tempo do que a quantidade aqui definida para processar a URL. Atualmente este parâmetro define o tempo máximo para fazer a conexão com a URL e o tempo máximo para receber a resposta. Desta forma, o Zabbix não irá gastar mais tempo que 2 x Timeout no passo.
Por exemplo: 15
Texto requerido Expressão regular com padrão desejado.
A não ser que o conteúdo recebido (HTML) contenha o padrão desejado o passo irá falhar. Se estiver vazio, não será feita nenhuma verificação.
Por exemplo:
Homepage of Zabbix
Welcome.*admin
Nota: Refernência: expressões regulares criadas na interface web do Zabbix não são suportadas neste campo.
A partir do Zabbix 2.2, este campo pode conter macros.
Códigos de resposta requeridos Lista dos códigos HTTP esperados. Se o Zabbix receber um código que não estiver na lista o passo irá falhar.
Se estiver vazio, nenhuma verificação será feita.
Por exemplo: 200,201,210-299
A partir do Zabbix 2.2, macros de usuário poderão ser utilizadas neste campo.

Quaisquer modificações em passos do cenário web só são salvas quando o cenário web é salvo.

Consulte também um exemplo de real sobre como os passos de monitoração web podem ser configurados.

Configurando a autenticação

A aba Autenticação permite que você configure as opções de autenticação do cenário.

Parâmetros de autenticação:

ParâmetroDescrição
Autenticação Opções de autenticação.
None - sem autenticação.
Básico - autenticação básica.
NTLM - autenticação NTLM (Windows NT LAN Manager).
Selecionando um método de autenticação irão surgir dois novos campos para definir usuário e senha.
As macros de usuário podem ser utilizadas em nos campos de usuário e senha, A partir do Zabbix 2.2.
SSL verify peer Marque a opção para verificar o certificado SSL do servidor web.
O certificado do servidor será automaticamente buscado a partir da localização dos certificados de autoridade (CA). Você pode substituir a localização dos CAs usando o parâmetro SSLCALocation do Zabbix Server/Proxy.
Isso configura a opção cURL CURLOPT_SSL_VERIFYPEER.
Esta opção é suportada desde o Zabbix 2.4. | |SSL verify host |Marque esta opção para verificar o campo Common Name ou o campo Subject Alternate Name do certificado do servidor.
Isso configura a opção do cURL CURLOPT_SSL_VERIFYHOST.
Esta opção é suportada desde o Zabbix 2.4
.
SSL certificate file O nome do certificado SSL utilizado para a autenticação com o cliente. O arquivo de certificado precisa estar no formato PEM1. Se o arquivo de certificado contiver também a chave privada, deixe o campo SSL key file vazio. Se a chave estiver criptografada, defina a senha no campo Senha do SSL. O diretório contendo o arquivo é definido pelo parâmetro de configuração SSLCertLocation.
As macros HOST.* e macros de usuário podem ser utilizadas neste campo.
Isso configura a opção cURL CURLOPT_SSLCERT.
Esta opção é suportada desde o Zabbix 2.4. | |SSL key file |Nome da chave privada SSL utilizada para a autenticação do cliente. A chave privada precisa estar no formato PEM1. O diretório contendo este arquivo é definido no arquivo de configuração do Zabbix Server/Proxy no parâmetro SSLKeyLocation.
As macros HOST.* e macros de usuário podem ser utilizadas neste campo.
Isso configura a opção cURL CURLOPT_SSLKEY.
Esta opção é suportada desde o Zabbix 2.4
.
SSL key password