Esta é uma tradução da página de documentação original em inglês. Ajude-nos a torná-la melhor.

Sidebar

Become a monitoring expert!
Sign up for Zabbix training

zabbix_sender

Seção: comandos de manutenção (8)
Atualizado: 10 de novembro de 2011
Índice Retornar ao conteúdo principal


 

NOME

zabbix_sender - utilitário Zabbix sender.  

SINOPSE

zabbix_sender [-hpzvIV] {-kso | [-T] -i <arquivo-de-entrada>} [-c <arquivo-de-configuração>]  

DESCRIÇÃO

zabbix_sender é um utlitário de linha de comando para envio de dados para um servidor Zabbix remoto. No servidor Zabbix um item de tipo Zabbix trapper deve ser criado com correspondente chave. Note que valores só serão aceitos pelo server se vindos de hosts especificados no campo Hosts permitidos para este item.

 

Optções

-c, --config <arquivo-de-configuração>
Usa o arquivo-de-configuração. O Zabbix sender lê detalhes sobre o servidor do arquivo de configuração do agente. Por padrão o Zabbix sender não lê nenhum arquivo de configuração. Deve ser especificado um caminho absoluto. Somente os parâmetros Hostname, ServerActive and SourceIP são suportados. A primeira entrada do parâmetro ServerActive é usada.

-z, --zabbix-server <servidor>
Hostname ou endereço IP do servidor Zabbix. Se um host é monitorado por proxy, o hostname ou endereço IP do proxy deve ser usado.

-p, --port <porta>
Especifica a porta do servidor trapper rodando no server. O padrão é 10051.

-s, --host <host>
Especifica o hostname tal como registrado no frontend Zabbix. O endereço IP do host e nome DNS não vão funcionar.

-I, --source-address <IP>
Especifica o endereço IP de origem.

-k, --key <chave>
Especifica a chave de item para a qual enviar o valor.

-o, --value <valor>
Especifica o valor.

-i, --input-file <arquivo-de-entrada>
Carrega valores de um arquivo. Especificar - para entrada padrão (standard input). Cada linha do arquivo contém os seguintes campos, delimitados por espaço em branco: <hostname> <chave> <valor>. Especificar - no <hostname> para usar hostname do arquivo de configuração, ou então o argumento --host. Todas as entradas são enviadas em ordem sequencial, top-down.

-T, --with-timestamps
Cada linha do arquivo contém os seguintes campos, delimitados por espaço em branco: <hostname> <key> <timestamp> <valor>. Pode ser usado com a opção --input-file. Timestamp deve ser especificano formato Unix timestamp. Se o item alvo tem triggers fazendo referência a ele, todos os timestamps devem estar em ordem crescente. do contrário o cálculo de eventos não funcionará corretamente.

-r, --real-time
Enviar valores um por um assim que forem recebidos. Pode ser usado quando lendo da entrada padrão (standard input).

-v, --verbose
Modo verbose. -vv para mais detalhes.

-h, --help
Apresenta esta ajuda e sai.

-V, --version
Apresenta informações sobre a versão e sai.

STATUS DE SAÍDA

O status de saída é 0 se os valores foram enviados e todos processados com sucesso pelo servidor. Se os dados form enviados, mas o processamento de pelo menos um dos valores falhou, o status é 2. Se o envio dos dados falhou, o status de saída é 1.  

STATUS DE SAÍDA

O status de saída é 0 se os valores foram enviados e todos eles foram processado com sucesso pelo servidor. Se os dados foram enviados, mas o processamento de pelo menos um dos valores falhou, o status de saída é 2. Se o envio de dados falhou, o status de saída é 1.

 

VEJA TAMBÉM

zabbix_agentd(8), zabbix_get(8), zabbix_proxy(8), zabbix_server(8)  

VEJA TAMBÉM

Documentação https://www.zabbix.com/manuals

zabbix_agentd(8), zabbix_get(1), zabbix_proxy(8), zabbix_server(8), zabbix_js(1), zabbix_agent2(8), zabbix_web_service(8)  

AUTOR

Alexei Vladishev <[[email protegido]]{.__cf_email__ cfemail="0d6c6168754d776c6f6f6475236e6260"}>


 

Index

NAME

SYNOPSIS

DESCRIPTION

OPTIONS

EXIT STATUS

EXAMPLES

SEE ALSO

AUTHOR