Esta é uma tradução da página de documentação original em inglês. Ajude-nos a torná-la melhor.

Sidebar

Zabbix Summit 2022
Register for Zabbix Summit 2022

Table of Contents

5 Novidades no Zabbix 6.0.0

Cluster de alta disponibilidade para o Zabbix Server

A nova versão vem com uma solução de alta disponibilidade nativa para o Zabbix Server.

A solução consiste de múltiplas instâncias ou nós do zabbix_server, onde apenas um nó pode estar ativo (em funcionamento) por vez, enquanto os outros nós ficam em modo de espera, prontos para assumir no caso de o nó atual sofrer parada ou falha.

Veja também: Cluster de alta disponibilidade.

Serviços

Várias atualizações foram feitas para o monitoramento de serviços. O monitoramento de serviço oferece uma visão de alto-nível da infraestrutura monitorada no Zabbix.

Há agora um novo menu de Serviços no Zabbix, com quatro seções de menu:

  • Serviços - para visão geral e configuração de serviço (movido de Monitoramento -> Serviços)
  • Ações de serviço - para ações de serviço (novo tipo de ação)
  • SLA - para configuração de SLAs (ANS - Acordo de Nível de Serviço)
  • Relatório de SLA - para relatórios de SLA (também disponível como widget de dashboard)

Outras melhorias importantes à funcionalidade de serviços estão resumidas abaixo.

Mapeamento baseado em etiqueta (tag) de serviços para problemas

A disponibilidade de serviços nas versões anteriores do Zabbix dependia de gatilhos e seus estados. Na nova versão isto foi substituído por um mapeamento aos problemas baseado em etiquetas para o respectivo serviço.

A configuração e visualização dos serviços está agora integrada no MonitoramentoServiços, e não existe mais uma seção separada para a configuração do serviço em ConfiguraçãoServiços.

Na configuração do serviço, dependências fracas e fortes não existem mais. Em vez disso, um serviço pode ter múltiplos serviços pais.

Cálculo de estado e regras de propagação

Há agora novas regras de cálculo de estado e regras adicionais flexíveis para o cálculo do estado de um serviço pai baseado nos estados e peso dos filhos diretos. Agora também é possível definir regras flexíveis para a propagação de um estado de serviço para os serviços pai.

Permissões para serviços

Permissões flexíveis para serviços foram implementadas no nível de funções de usuário. Acesso de leitura-escrita ou somente-leitura podem ser fornecidos a todos, nenhum ou serviços selecionados (baseado em nome ou etiquetas).

Análise de causa raíz

Uma nova coluna Causa raíz lista os problemas subjacentes que diretamente ou indiretamente afetam o estado do serviço.

Se você clicar no nome do problema você pode ver mais detalhes sobre ele em MonitoramentoProblemas.

Alerta sobre mudança de estado de serviço

Agora é possível receber alertas automatizados sobre mudanças de estado de serviço, similar aos alertas sobre mudanças de estado de gatilho.

Um novo tipo de ação de serviço foi adicionado, similar às outras ações no Zabbix. Ações de serviço podem incluir etapas para operações de problema, recuperação e atualização relacionadas aos serviços. É possível configurar dois tipos de ações: envio de mensagem para destinatários específicos e execução de comando remoto no Zabbix Server. Similarmente às ações de gatilho, ações de serviço suportam cenários de escalação de problemas.

Novos modelos de mensagem Serviço, Recuperação de serviço e Atualização de serviço foram adicionados aos tipos de mídia e devem ser definidos para habilitar o envio correto de notificações para ações de serviço.

Clonagem de serviço

Os serviços agora podem ser clonados. O botão Clonar foi adicionado ao formulário de configuração de um serviço. Quando um serviço é clonado, seus links pais são preservados, enquanto os links filhos não são.

Chaves primárias

Chaves primárias são agora usadas para todas as tabelas, incluindo tabelas históricas, nas novas instalações.

Não há atualização automática das chaves primárias para instalações pré-existentes. Instruções para uma atualização manual das tabelas históricas para chaves primárias em instalações pré-existentes estão disponíveis para MySQL/MariaDB, PostgreSQL, TimescaleDB v1 e v2, e Oracle.

Novos widgets

Vários widgets de dashboard foram adicionados na nova versão.

Top hosts

Um widget Top hosts foi adicionado aos widgets de dashboard. Este widget é projetado para substituir o widget Visão geral de dados que agora está obsoleto.

O widget Top hosts permite criar tabelas customizadas para visão geral de dados, que é útil para relatórios estilo Top N e relatórios de barra de progresso úteis para planejamento de capacidade.

Para mais informações, consulte o widget Top hosts.

Valor de item

Um widget Valor de item foi adicionado aos widgets de dashboard.

Este tipo de widget é útil para exibição de valores de itens únicos em destaque. Diferentes estilos visuais de exibição são possíveis:

Para mais informações, veja o widget valor de item.

Macros

Novas macros

Novas macros são agora suportadas para depuração de expressão de gatilho e ações internas.

Macros de depuração de expressão simplificam o processo de depuração de expressões de gatilho:

  • {TRIGGER.EXPRESSION.EXPLAIN}, {TRIGGER.EXPRESSION.RECOVERY.EXPLAIN} - resolve para um gatilho parcialmente avaliado ou expressão de recuperação, onde apenas funções baseadas em item são aplicadas;
  • {FUNCTION.VALUE<1-9>}, {FUNCTION.RECOVERY.VALUE<1-9>} - resolve para os resultados da N-ésima função baseada em item no tempo do evento.

Macros para ações internas contêm a razão do por quê um item, uma regra LLD, ou um gatilho se tornou não suportado:

  • {ITEM.STATE.ERROR} - para notificações internas baseadas em item;
  • {LLDRULE.STATE.ERROR} - para notificações internas baseadas em regra LLD;
  • {TRIGGER.STATE.ERROR} - para notificações internas baseadas em gatilho.

Para mais detalhes, veja Macros suportadas.

Macros simples substituídas por macros de expressão

Uma nova sintaxe de expressão para gatilhos e itens calculados foi introduzida no Zabbix 5.4. No entanto, a sintaxe antiga ainda continua em uso nas macros simples. Na nova versão, a funcionalidade das macros simples foi transferida para as macros de expressão e a nova sintaxe de expressão é usada. Veja a comparação abaixo para detalhes sobre a mudança:

No Zabbix 6.0 Antes do Zabbix 6.0
{?avg(/host/key,1h)}

Exemplo de uma macro de expressão na nova versão.
{host:key.avg(1h)}

Exemplo de uma macro simples em versões anteriores.

As macros simples existentes serão convertidas para macros de expressão durante a atualização. O escopo das macros de expressão cobre o mesmo oferecido pelas macros simples. Portanto, macros de expressão podem ser usadas em:

  • notificações de problema e comandos
  • notificações de atualização de problema e comandos
  • rótulos de elemento de mapa
  • rótulos de link de mapa
  • rótulos de forma de mapa
  • nomes de gráfico
Macros posicionais não mais suportadas

O suporte para macros posicionais no nome de item ($1, $2...$9), obsoleto desde o Zabbix 4.0, foi completamente removido.

Macros de usuário no nome de item não mais suportadas

O suporte para macros de usuário nos nomes de item (incluindo nomes de regra de descoberta), obsoleto desde o Zabbix 4.0, foi completamente removido.

Processamento em massa para métricas Prometheus

Processamento em massa de itens dependentes foi introduzido na fila de pré-processamento para aprimorar a performance da recuperação de métricas do Prometheus.

Consulte verificações Prometheus para mais detalhes.

Processamento de resultado para padrão Prometheus

Uma etapa padrão Prometheus no pré-processamento pode produzir um resultado onde múltiplas linhas são correspondidas. Para lidar com esta situação, um novo parâmetro de processamento de resultado foi adicionado na etapa de pré-processamento padrão Prometheus que permite agregar os dados de potencialmente múltiplas linhas correspondentes pela introdução de funções como sum, min, max, avg, e count.

Funções

Funções para histogramas Prometheus

Foi possível coletar métricas Prometheus no Zabbix há algum tempo, mas algumas métricas são difíceis de trabalhar. Especificamente, as métricas do tipo histograma podem ser apresentadas no Zabbix como itens múltiplos com os mesmos nomes de chave, mas parâmetros diferentes. No entanto, mesmo que tais itens são logicamente relacionados e representam o mesmo dado, era difícil analisar o dado coletado com funções especializadas. Para cobrir esta falta de funcionalidade na nova versão, as funções rate() e histogram_quantile(), produzindo o mesmo resultado que suas equivalentes PromQL, foram adicionadas.

Outras novas adições para complementar esta funcionalidade são as funções bucket_rate_foreach() e bucket_percentile(). Para mais informações veja:

Mudança monotônica

Agora é possível verificar se há aumento ou diminuição monotônica nos valores do item usando as novas funções históricas monoinc() ou monodec().

Contagem de mudança

Uma nova função histórica changecount() foi adicionada permitindo contar o número de mudanças entre valores adjacentes. A função suporta três diferentes modos para contagem de todas as mudanças, apenas aumentos, ou apenas diminuições. Como exemplo, ela pode ser usada para rastrear mudanças no número de usuários ou o número de diminuições do tempo de atividade (uptime) do sistema.

Contagem de entidade

Novas funções foram adicionadas para simplificar a contagem de hosts, itens ou values específicos, retornados por funções foreach.

Funções agregadas:

  • count - número total de valores em um array retornado por uma função foreach (retorna um inteiro);
  • item_count - número total de itens atualmente habilitados que correspondem a um critério de filtro (retorna um inteiro).

Função foreach:

  • exists_foreach - número de itens atualmente habilitados que correspondem a um critério de filtro (retorna um array).
Detecção de anomalia

O Zabbix 5.2 introduziu funções de tendência úteis para monitoramento de patamar (baseline). No entanto, elas ainda requerem a definição de limites (thresholds) relativos (p.e. verificar que o tráfego web em setembro de 2021 é menos que 2x maior se comparado a setembro de 2020). Há casos de uso em que estes limites são difíceis de definir. Por exemplo, o tráfego web de um novo site altamente popular pode crescer organicamente muitas vezes no decorrer de um ano mas a taxa de crescimento é desconhecida. Ainda assim, um pico de tráfego devido a um ataque DDOS deve gerar um alerta independentemente do crescimento de tráfego orgânico.

Os algoritmos de detecção de anomalia fazem exatamente isto - encontrar dados que não parecem normais (atípicos) em um contexto de outros valores.

Uma nova função histórica trendstl() foi adicionada a qual utiliza o método de 'decomposição' para calcular a taxa de anomalia. Ela divide uma sequência de série temporal única em três outras sequências:

  • sequência de tendência que contém apenas grandes alterações nos dados originais (p.e. tráfego do site mostra crescimento)
  • sequência de período que contém apenas alterações sazonais (p.e. menos tráfego de site no verão, mais no outono)
  • sequência restante que contém apenas valores residuais que não podem ser interpretados como partes da tendência ou período

A detecção de anomalia trabalha com a sequência restante e verifica se há valores que estão muito distantes da maioria dos valores restantes. "Distante" significa que o valor absoluto da sequência é N vezes maior do que o padrão ou desvio médio.

Funções string

A função string concat agora permite a concatenação de mais de dois parâmetros. Ela pode ser usada para combinar strings e valores em diferentes combinações ou juntar dois ou mais valores um ao outro. Tipos de dados numéricos também são suportados.

Itens

Seleção de tipo automatizado

O formulário de configuração de item agora sugere automaticamente o tipo de informação correspondente, se a chave de item selecionada retorna apenas dados do tipo específico (por exemplo, o item log[] requer Tipo de informação: Log). O parâmetro Tipo de informação está agora localizado sob o parâmetro Chave na aba primária do Item e é duplicado na aba Pré-processamento se ao menos uma etapa de pré-processamento for especificada. Se o Zabbix detecta uma possível incoerência do tipo de informação e chave selecionados, um ícone de alerta será exibido próximo ao campo Tipo de informação.

Itens novos e atualizados

Vários novos itens foram adicionados ao Zabbix Agent/Agent 2:

  • agent.hostmetadata - retorna metadados do host
  • kernel.openfiles - retorna o número de descritores de arquivo abertos
  • net.tcp.socket.count[] - retorna o número de sockets TCP que corresponde aos parâmetros
  • net.udp.socket.count[] - retorna o número de sockets UDP que corresponde aos parâmetros
  • vfs.dir.get[] - retorna lista de arquivos do diretório como JSON
  • vfs.file.get[] - retorna informações sobre um arquivo como JSON
  • vfs.file.owner[] - retorna o proprietário de um arquivo
  • vfs.file.permissions[] - retorna uma string de 4 dígitos contendo o número octal com as permissões Unix

Adicionalmente:

  • vfs.file.cksum[] agora suporta um segundo parâmetro mode (crc32, md5, sha256)
  • vfs.file.size[] agora suporta um segundo parâmetro mode (bytes ou lines)
  • vfs.fs.discovery e vfs.fs.get agora retornam uma macro {#FSLABEL} no Windows (com nomes de volume)

Para mais detalhes veja itens do Agent.

Tipo de dado de item calculado

Itens calculados agora suportam não apenas o tipo de informação numérico, mas também texto, log, e caracter.

Parâmetro de usuário recarregado sem reinício do agente

Os parâmetros de usuário agora podem ser recarregados a partir do arquivo de configuração sem reiniciar o agente. Para tal, execute a nova opção de controle de tempo de execução (runtime) userparameter_reload, p.e.:

zabbix_agentd -R userparameter_reload

ou

zabbix_agent2 -R userparameter_reload

UserParameter é a única opção de configuração do agente que será recarregada com este comando.

Controles de tempo de execução em SO baseado em BSD

Anteriormente, as opções de controle de tempo de execução do Zabbix Server e Zabbix Proxy não eram suportados em sistemas baseados em BSD. A alteração do método de transferência de comando de tempo de execução permitiu remover esta limitação. Agora a maioria dos comandos é suportada no FreeBSD, NetBSD, OpenBSD, e outros sistemas operacionais da família **BSD. Para a lista exata, consulte Controle de tempo de execução* para o Zabbix Server ou Proxy.

Plugins do Zabbix Agent 2

Carga de plugin externo

Anteriormente, os plugins podiam apenas ser compilados junto ao Zabbix Agent 2, o que implicava na recompilação do agente cada vez que você precisava alterar o conjunto de plugins disponíveis. Agora, com a adição do carregador de plugin externo, os plugins não têm de ser integrados diretamente dentro do Agent 2 e podem ser adicionados como complementos (add-ons) externos separados, tornando assim o processo de criação de plugins adicionais para coleta de novas métricas de monitoramento mais fácil.

Introduction of external plugins caused the following configuration parameter changes: - Plugins.<PluginName>.Path parameter has been moved to Plugins.<PluginName>.System.Path. - Plugins.<PluginName>.Capacity parameter, while still supported, has been deprecated, please use Plugins.<PluginName>.System.Capacity instead.

Requisitos de senha

Requisitos de complexidade de senha customizada pode agora ser fornecido para o método de autenticação interno do Zabbix. Para prevenir os usuários Zabbix de definirem senhas fracas, é possível forçar as seguintes restrições:

  • Definir o comprimento mínimo de senha.
  • Exigir que uma senha contenha uma combinação de letras maiúsculas e minúsculas, dígitos e/ou caracteres especiais.
  • Proibir o uso das senhas mais comuns e fáceis de adivinhar.

Bancos de dados

Para criar uma melhor experiência de usuário e garantir a melhor performance do Zabbix em vários ambientes de produção, o suporte de algumas versões antigas de banco de dados foi retirado. Isto se aplica primariamente às versões de banco de dados próximas ao seu ponto final no ciclo de vida de serviço e versões com problemas não corrigidos que podem interferir com a performance normal esperada.

A partir do Zabbix 6.0, as seguintes versões de banco de dados são oficialmente suportadas:

  • MySQL/Percona 8.0.X
  • MariaDB 10.5.X - 10.6.X
  • PostgreSQL 13.X - 14.X
  • Oracle 19c - 21c
  • TimescaleDB 2.0.1-2.3
  • SQLite 3.3.5-3.34.X

Por padrão o Zabbix Server e Proxy não iniciarão se um banco de dados não suportado for detectado. Agora é possível, no entanto não recomendado, desligar a verificação da versão de BD pela alteração do parâmetro de configuração AllowUnsupportedDBVersions para o Server ou Proxy.

Suporte utf8mb4 para MySQL

Codificação utf8mb4 com verificação (collation) utf8mb4_bin é agora suportada para instalações Zabbix com banco de dados MySQL/MariaDB.

Anteriormente apenas a codificação utf8 era suportada, que com MySQL significa codificação utf8mb3 e assim suporte a apenas um subconjunto de caracteres UTF-8 adequados. Na nova versão o suporte a utf8mb4 foi adicionado com suporte ao conjunto completo de caracteres UTF-8. Instalações antigas usando utf8mb3 são mantidas intactas e podem continuar usando essa codificação.

Field size limit

Maximum field size has been increased for the following fields:

Tempo limite para Zabbix Get e Zabbix Sender

Os utilitários Zabbix Get e Zabbix Sender agora suportam um parâmetro de limite de tempo (timeout) -t <seconds> ou --timeout <seconds>. O intervalo válido é:

  • 1-30 segundos para Zabbix get (padrão: 30 segundos)
  • 1-300 segundos para Zabbix sender (padrão: 60 segundos)

Funcionalidade Gateway SNMP estendida

O Gateway SNMP pode agora fornecer informações sobre gatilhos em estado de problema e revelar informações do host nos detalhes do gatilho.

Adicionalmente, agora é possível limitar a taxa de traps SNMP enviados pelo Gateway SNMP.

A lista de OIDs suportados foi estendida com um novo OID .10 para uma lista delimitada por vírgula de nomes de host de gatilho.

Novos parâmetros foram adicionados ao arquivo de configuração do Gateway SNMP:

  • ProblemBaseOID - OID da tabela de gatilho de problema;
  • ProblemMinSeverity - severidade mínima, gatilhos tendo severidade menor não serão incluídos;
  • ProblemHideAck - se especificado, apenas gatilhos com problemas não reconhecidos serão incluídos;
  • ProblemTagFilter - se especificado, apenas gatilhos com o nome de etiqueta especificado serão incluídos;
  • TrapTimer - se definido, o Zabbix enviará não mais do que uma trap da mais alta severidade no período de tempo dado.

Para detalhes, veja Zabbix Gateway SNMP.

Monitoramento web

A habilidade de manipular conteúdo compactado foi adicionada ao monitoramento web do Zabbix. Todos os formatos de codificação suportados pelo libcurl são suportados.

Consultas Prometheus

A linguagem de consulta (query language) de pré-processamento Prometheus do Zabbix agora suporta dois operadores de correspondência de rótulos adicionais:

  • != -- seleciona rótulos que não são iguais à string fornecida;
  • !~ -- seleciona rótulos que não possuem correspondência de regex com a string fornecida.

Métodos JavaScript

Os métodos HTTP PATCH, HEAD, OPTIONS, TRACE e CONNECT foram adicionados ao mecanismo JavaScript. Além disso, o mecanismo agora permite o envio de requisições de método HTTP customizadas com o novo método JS HttpRequest.customRequest.

Veja também: Objetos JavaScript adicionais.

Log de auditoria

Registros

O log de auditoria agora contém registros sobre todas as alterações de configuração para todos os objetos do Zabbix, incluindo mudanças que ocorreram como resultado da execução de uma regra LLD, uma ação de descoberta de rede, uma ação de autoregistro ou uma execução de script. Anteriormente, alterações de configuração iniciadas do Zabbix Server, por exemplo, como resultado da execução de uma regra de descoberta, não eram registradas. Agora tais modificações de objeto serão armazenadas como registros de auditoria atribuídos ao usuário System.

Filtro de registro

Uma funcionalidade para filtragem de registros pelas operações do Frontend que causaram estas entradas foi adicionada. Se vários registros de log foram criados como resultado de uma operação única, por exemplo, associar/desassociar um modelo, tais registros terão o mesmo Recordset ID.

Definições de auditoria

Uma nova seção Log de auditoria foi adicionada ao menu Administração → Geral permitindo habilitar ou desabilitar o registro de log de auditoria. Definições de limpeza (housekeeping) para auditoria, previamente localizadas sob a seção Housekeeper, foram também movidas para a nova seção Log de auditoria.

Suporte PCRE2

O suporte para PCRE2 foi adicionado e os pacotes de instalação do Zabbix par RHEL/CentOS 7 e mais recentes, SLES (todas as versões), Debian 9 e mais recente, Ubuntu 16.04 e mais recentes foram atualizados para usar PCRE2. O PCRE ainda é suportado, mas o Zabbix só pode ser compilado com uma das bibliotecas PCRE ou PCRE2, elas não podem ser usadas ao mesmo tempo.

Processamento separado para verificações ODBC

O processamento de verificações ODBC foi movida dos processos poller regulares para processos Server/Proxy separados ODBC pollers. Esta mudança permite limitar o número de conexões ao banco de dados criado pelos processos poller. Anteriormente, as verificações ODBC eram executadas por pollers regulares, que também trabalham com itens do Zabbix Agent, verificações SSH, etc.

Um novo parâmetro de configuração StartODBCPollers foi adicionado aos arquivos de configuração do Zabbix Server e Proxy.

Você pode usar o item interno zabbix[process,<type>] para monitorar a carga dos ODBC pollers.

Integrações webhook

Uma nova integração está disponível permitindo usar o tipo de mídia webhook para criação de problemas (issues) Github para notificações do Zabbix.

Modelos

Novos modelos (templates) oficiais estão disponíveis para monitoramento:

Kubernetes
  • Nós Kubernetes por HTTP
  • Estado do cluster Kubernetes por HTTP
  • Servidor API Kubernetes por HTTP
  • Gerenciador do Kubernetes Controller HTTP
  • Agendador Kubernetes por HTTP
  • Kubernetes kubelet por HTTP

Para habilitar o monitoramento do Kubernetes, você precisa usar a nova ferramenta Zabbix Helm Chart, que instala o Zabbix Proxy e Zabbix Agents no cluster Kubernetes.

Para aprender mais sobre a configuração de modelos, veja operação de modelo HTTP.

Mikrotik
  • MikroTik <device model> SNMP - 53 novos modelos (templates) específicos para monitoramento de vários modelos de roteadores ethernet MikroTik e switches, veja lista completa;
  • Mikrotik SNMP - um modelo genérico para monitoramento de dispositivos MikroTik.

Você pode obter estes modelos:

  • Em ConfiguraçãoModelos nas novas instalações;
  • Quando atualizando a partir de versões anteriores, os modelos mais recentes podem ser baixados do repositório Git do Zabbix e manualmente importadas para dentro do Zabbix na seção ConfiguraçãoModelos. Se um modelo com o mesmo nome já existir, verifique a opção Eliminar ausente antes de importar para realizar uma importação limpa. Desta forma os itens que foram excluídos do modelo atualizado serão removidos (note que o histórico do item removido será perdido).

Associação de modelo mais visível

Para tornar a associação de modelo mais visível, ela está agora localizada na primeira aba do host, protótipo de host e formulários de configuração de modelo e formulários de atualização em massa de host/modelo.

Consequentemente, a aba separada para associação de modelo foi removida de todos os respectivos formulários.

Em um desenvolvimento relacionado, na configuração de protótipo de host os campos para seleção de grupo de host/protótipo de grupo de host foram também movidas de uma aba separada para a primeira aba.

Transferência de comando em tempo de execução (runtime)

O comandos em tempo de execução do Zabbix Server e Proxy agora são enviados via socket em vez de sinais Unix. Esta mudança permitiu melhorar a experiência de usuário ao trabalhar com opções de controle de tempo de execução:

  • Resultados da execução do comando são agora impressos na console.
  • É possível enviar parâmetros de entrada mais longos, como nome do nó HA em vez do número do nó.

Frontend - Interface web

Geomap

Um novo widget geomap para os dashboards foi introduzido provendo um modo de exibir hosts em mapas geográficos. Para mais informações consulte o widget de dashboard Geomap e mapas geográficos.

Subfiltro nos últimos dados

Um subfiltro foi adicionado na seção Últimos dados. O subfiltro é útil para um acesso rápido de único click aos grupos de itens relacionados.

O subfiltro apresenta links clicáveis permitindo filtrar itens baseados em uma entidade comum - o host, nome de etiqueta ou valor de etiqueta. Assim que a entidade é clicada, os itens são imediatamente filtradas.

Para mais detalhes, veja a seção últimos dados.

Melhorias de usabilidade para gráficos customizados

A página de gráfico em MonitoramentoHostsGráficos recebeu várias melhorias de usabilidade:

  • Não há mais o limite de 20 gráficos na página
  • Um subfiltro foi adicionado permitindo selecionar rapidamente grupos de gráficos relacionados baseados em uma etiqueta comum ou valor de etiqueta
  • Gráficos simples para o host podem ser apresentados junto com gráficos customizados

Para mais detalhes, veja a página de gráfico.

Criando hosts a partir de Monitoramento

Agora também é possível criar novos hosts a partir de MonitoramentoHosts.

O botão Criar host está disponível para usuários Admin e Super Admin.

Edição de host como popup

O formulário para criação e edição de host é agora aberto em uma janela modal (popup), em ConfiguraçãoHosts, MonitoramentoHosts e em qualquer página, onde haja um menu de host ou outro link direto à configuração de host.

Links diretos à página de edição de host ainda funcionam e estão abrindo a página de edição de host em página cheia.

Melhor navegação entre configuração de item e últimos dados

Um novo menu de contexto para itens foi introduzido em Últimos dados permitindo acessar a configuração de item e gráficos disponíveis:

Por outro lado, um novo menu de contexto foi introduzido na lista de item no menu de configuração permitindo acessar os últimos dados para o item e outras opções úteis:

Este menu substitui a opção assistida (wizard) das versões anteriores. Um menu similar também foi introduzido para itens modelo e protótipos de item.

Notificação sobre escalações canceladas

Quando configurando operações de ação, agora é possível cancelar notificações sobre escalações canceladas desmarcando a caixa de seleção da opção correspondente.

Monitoramento → Atualização últimos dados

Várias melhorias foram feitas na seção Últimos dados:

  • O tempo desde a última verificação (por exemplo, 1m 20s) é agora apresentado em vez do último tempo de execução do item.
  • Pairando sobre um último valor de um mostrará o valor bruto sem unidades ou mapeamento de valor aplicado.
  • Se um host está em manutenção, um ícone de chave inglesa laranja estará visível próximo ao nome do host.
Monitoramento → Visão geral removido

A seção de Visão geral no menu de Monitoramento foi removido completamente. A mesma funcionalidade ainda pode ser acessada pelo uso dos widgets de dashboard Visão geral de dados e Visão de geral de gatilho.

Diversos
  • O idioma padrão da interface web do Zabbix foi alterada de Inglês Britânico para Americano. O suporte ao Inglês Britânico foi removido.
  • O link Compartilhar no menu principal foi trocado por um link Integrações, levando para a página Integrações no site do Zabbix.
  • Se a interface web do Zabbix está aberta em um dos idiomas disponíveis no site do Zabbix, clicando no link Integrações abrirá a página Integrações no idioma apropriado. Para todos os outros idiomas, incluindo Inglês, a página Integrações será aberta em Inglês.
  • Uma expressão customizada, usada na configuração de ação para cálculo de condições, agora pode ter o comprimento de até 1024 caracteres (anteriormente 255).
  • A seção Monitoramento -> Hosts agora mostra um link para a tela de problemas do host mesmo que não hajam problemas abertos atualmente.

Mudanças que geram quebra

Log de auditoria

De forma a implementar as mudanças na funcionalidade de log de auditoria, a estrutura de banco de dados existente anteriormente teve de ser retrabalhada. Durante a atualização as tabelas auditlog e auditlog_details serão substituídas pela nova tabela auditlog com um formato diferente. Os registros de log de auditoria existentes serão eliminados.

Verificação de versões de BD suportadas

O Zabbix Server e Proxy agora verificarão a versão do banco de dados antes da inicialização e não irão iniciar se a versão estiver fora do intervalo suportado.

Para mais detalhes, consulte bancos de dados.

Suporte PCRE2

O Zabbix agora suporta ambos PCRE e PCRE2. Os pacotes Zabbix para RHEL/CentOS 7 e mais recentes, SLES (todas as versões), Debian 9 e mais recentes, Ubuntu 16.04 e mais recentes foram atualizados para compilar com PCRE2 em vez de PCRE. Quando compilando a partir dos fontes, os usuários podem optar em especificar a marcação (flag) ''--with-libpcre'' ou ''--with-libpcre2''.

Se você estiver atualizando uma instalação existente, a alteração de PCRE para PCRE2 pode fazer com que algumas expressões regulares se comportem de maneira diferente - veja problemas conhecidos para detalhes.

Arquivos de configuração separados

Cada plugin do Zabbix Agent 2 agora possui um arquivo de configuração separado. Por padrão, estes arquivos estão localizados no diretório ./zabbix_agent2.d/plugins.d/. O caminho é especificado no parâmetro Include do arquivo de configuração do Agent 2 e pode ser relativo à localização do arquivo zabbix_agent2.conf ou zabbix_agent2.win.conf.

Monitoramento de patamar (baseline)

O conjunto de opções disponíveis de monitoramento de patamar foram estendidas com as duas novas funções baselinedev e baselinewma.

  • baselinedev - compara o último período de dados com os mesmos períodos de dados em períodos anteriores e retorna o número de desvios;
  • baselinewma - calcula o patamar pelos dados médios do mesmo período de tempo (timeframe) em múltiplos períodos de tempo iguais usando o algoritmo de média móvel ponderada.

No contexto destas funções, o termo 'período' se refere a um período de tempo configurável, que pode ser horas, dias, semanas, meses ou anos. O comprimento de um período e o número de períodos a serem analisados é definido em parâmetros de função.

Veja funções históricas para mais informações.