Esta é uma tradução da página de documentação original em inglês. Ajude-nos a torná-la melhor.

Sidebar

Zabbix Summit 2022
Register for Zabbix Summit 2022

Chaves de item específicas do Agent 2

O Zabbix Agent 2 suporta todas as chaves de item suportadas pelo Zabbix Agent no Unix e no Windows. Esta página fornece detalhes sobre as chaves adicionais, as quais você pode usar apenas com Zabbix Agent 2, agrupadas pelo plugin ao qual pertencem.

Veja também: Plugins fornecidos nativamente

Parâmetros sem colchetes angulares são obrigatórios. Parâmetros marcados com colchetes angulares < > são opcionais.

Ceph

Chave
Descrição Valore de retorno Parâmetros Comentários
ceph.df.details [connString, <user>, <apikey>]
Uso de dados do cluster e distribuição entre pools. Objeto JSON connString - URI ou nome de sessão.
user, password - credenciais de login no Ceph.
ceph.osd.stats [connString, <user>, <apikey>]
Estatísticas agregadas e por OSD. Objeto JSON connString - URI ou nome de sessão.
user, password - credenciais de login no Ceph.
ceph.osd.discovery [connString, <user>, <apikey>]
Lista de OSDs descobertos. Usado para descoberta de baixo-nível. Objeto JSON connString - URI ou nome de sessão.
user, password - credenciais de login no Ceph.
ceph.osd.dump [connString, <user>, <apikey>]
Limites de uso e estados de OSDs. Objeto JSON connString - URI ou nome de sessão.
user, password - credenciais de login no Ceph.
ceph.ping [connString, <user>, <apikey>]
Testa se uma conexão com o Ceph pode ser estabelecida. 0 - conexão está quebrada (se houver qualquer erro apresentado, incluindo problemas de AUTH e configuração)
1 - conexão bem-sucedida.
connString - URI ou nome de sessão.
user, password - credenciais de login no Ceph.
ceph.pool.discovery [connString, <user>, <apikey>]
Lista de pools descobertos. Usado para descoberta de baixo-nível. Objeto JSON connString - URI ou nome de sessão.
user, password - credenciais de login no Ceph.
ceph.status [connString, <user>, <apikey>]
Estado geral do cluster. Objeto JSON connString - URI ou nome de sessão.
user, password - credenciais de login no Ceph.

Docker

Chave
Descrição Valore de retorno Parâmetros Comentários
docker.container_info [<ID>]
Informação de baixo-nível sobre um contêiner. Uma saída da chamada de API ContainerInspect serializada como JSON ID - ID ou nome do contêiner O usuário do Agent2 ('zabbix') deve ser adicionado ao grupo 'docker' para ter privilégios suficientes. Caso contrário, a verificação irá falhar.
docker.container_stats [<ID>]
Estatísticas de uso de recursos de contêiner. Uma saída da chamada de API ContainerStats e porcentagem de uso de CPU serializado como JSON ID - ID ou nome do contêiner O usuário do Agent2 ('zabbix') deve ser adicionado ao grupo 'docker' para ter privilégios suficientes. Caso contrário, a verificação irá falhar.
docker.containers
A list of containers. Uma saída da chamada de API ContainerList serializada como JSON - O usuário do Agent2 ('zabbix') deve ser adicionado ao grupo 'docker' para ter privilégios suficientes. Caso contrário, a verificação irá falhar.
docker.containers.discovery[<options>]
Uma lista de contêiners. Usado para descoberta de baixo-nível. Objeto JSON. options - informa se todos ou apenas os contêiners em execução devem ser descobertos. Valores suportados:
true - retorna todos os contêiners;
false - retorna apenas os contêiners em execução (padrão).
O usuário do Agent2 ('zabbix') deve ser adicionado ao grupo 'docker' para ter privilégios suficientes. Caso contrário, a verificação irá falhar.
docker.data_usage
Informação sobre o uso de dados atual. Uma saída da chamada de API SystemDataUsage serializada como JSON - O usuário do Agent2 ('zabbix') deve ser adicionado ao grupo 'docker' para ter privilégios suficientes. Caso contrário, a verificação irá falhar.
docker.images
Uma lista de imagens. Uma saída da chamada de API ImageList serializada como JSON - O usuário do Agent2 ('zabbix') deve ser adicionado ao grupo 'docker' para ter privilégios suficientes. Caso contrário, a verificação irá falhar.
docker.images.discovery
Uma lista de imagens. Usado para descoberta de baixo-nível. Objeto JSON. - O usuário do Agent2 ('zabbix') deve ser adicionado ao grupo 'docker' para ter privilégios suficientes. Caso contrário, a verificação irá falhar.
docker.info
Informação de sistema. Uma saída da chamada de API SystemInfo serializada como JSON - O usuário do Agent2 ('zabbix') deve ser adicionado ao grupo 'docker' para ter privilégios suficientes. Caso contrário, a verificação irá falhar.
docker.ping
Testa se um daemon de Docker está em execução ou não. 1 - conexão está ativa

0 - conexão está quebrada
- O usuário do Agent2 ('zabbix') deve ser adicionado ao grupo 'docker' para ter privilégios suficientes. Caso contrário, a verificação irá falhar.

Memchached

Chave
Descrição Valor de retorno Parâmetros Comentários
memcached.ping[connString,<user>,<password>]
Testa se uma conexão está ativa ou não. 1 - conexão está ativa

0 - conexão está quebrada (se houver qualquer erro apresentado, incluindo problemas de AUTH e configuração)
connString - URI ou nome de sessão.
memcached.stats[connString,<user>,<password>,<type>]
Obtém a saída do comando STATS. JSON - saída é serializada como JSON connString - URI ou nome de sessão.
user, password - credenciais de login no Memchached.
type - tipo de stat a ser retornado: items, sizes, slabs or settings (itens, tamanhos, slabs ou configurações, respectivamente) (vazio por padrão, retorna estatísticas gerais).

MongoDB

Chave
Descrição Valore de retorno Parâmetros Comentários
mongodb.collection.stats[connString,<user>,<password>,<database>,collection]
Retorna uma veriedade de estatísticas de armazenamento para uma dada coleção. Objeto JSON connString - URI ou nome de sessão.
user, password - credenciais de login no MongoDB.
database - nome do banco de dados (padrão: admin).
collection - nome da coleção.
mongodb.collections.discovery[connString,<user>,<password>]
Retorna uma lista de coleções descobertas. Usado para descobertas de baixo-nível. Objeto JSON connString - URI ou nome de sessão.
user, password - credenciais de login no MongoDB.
mongodb.collections.usage[connString,<user>,<password>]
Retorna estatísticas de uso para coleções. Objeto JSON connString - URI ou nome de sessão.
user, password - credenciais de login no MongoDB.
mongodb.connpool.stats[connString,<user>,<password>]
Retorna informação a respeito de conexões de saída abertas da instância de banco de dados atual para outros membros do cluster fragmentado ou conjunto de réplicas. Objeto JSON connString - URI ou nome de sessão.
user, password - credenciais de login no MongoDB.
mongodb.db.stats[connString,<user>,<password>,<database>]
Retorna estatísticas refletindo o estado de um dado sistema de banco de dados. Objeto JSON connString - URI ou nome de sessão.
user, password - credenciais de login no MongoDB.
database - nome do banco de dados (padrão: admin).
mongodb.db.discovery[connString,<user>,<password>]
Retorna uma lista de banco de dados descobertos. Usado para descobertas de baixo-nível. Objeto JSON connString - URI ou nome de sessão.
user, password - credenciais de login no MongoDB.
mongodb.jumbo_chunks.count[connString,<user>,<password>]
Retorna a contagem de jumbo chunks. Objeto JSON connString - URI ou nome de sessão.
user, password - credenciais de login no MongoDB.
mongodb.oplog.stats[connString,<user>,<password>]
Retorna o estado do conjunto de réplicas, usando dados consultados do oplog. Objeto JSON connString - URI ou nome de sessão.
user, password - credenciais de login no MongoDB.
mongodb.ping[connString,<user>,<password>]
Testa se uma conexão está ativa ou não. 1 - conexão está ativa

0 - conexão está quebrada (se houver qualquer erro presente, incluindo problemas de AUTH e configuração).
connString - URI ou nome de sessão.
user, password - credenciais de login no MongoDB.
mongodb.rs.config[connString,<user>,<password>]
Retorna uma configuração atual do conjunto de réplicas. Objeto JSON connString - URI ou nome de sessão.
user, password - credenciais de login no MongoDB.
mongodb.rs.status[connString,<user>,<password>]
Retorna estado de conjunto de réplicas do ponto de vista do membro onde o método é executado. Objeto JSON connString - URI ou nome de sessão.
user, password - credenciais de login no MongoDB.
mongodb.server.status[connString,<user>,<password>]
Retorna estado do banco de dados. Objeto JSON connString - URI ou nome de sessão.
user, password - credenciais de login no MongoDB.
mongodb.sh.discovery[connString,<user>,<password>]
Retorna uma lista de fragmentos (shards) descobertos presentes no cluster. Objeto JSON connString - URI ou nome de sessão.
user, password - credenciais de login no MongoDB.

MQTT

Chave
Descrição Valor de retorno Parâmetros Comentários
mqtt.get[<broker_url>,topic,<username>,<password>]
Inscreve-se em um tópico específico ou tópicos (com coringa) de um intermediário (broker) fornecido e aguarda por publicações. Dependendo do conteúdo do tópico.

Se coringas são usados, retorna conteúdo de tópico como JSON.
broker_url - URL do intermediário (broker) MQTT (se vazio, é usado localhost com porta 1883).
topic - tópico MQTT (obrigatório). Coringas (+,#) são suportados.
username,password - credenciais de autenticação (se necessário)
O item deve ser configurado como uma verificação ativa (tipo de item 'Zabbix Agent (ativo)').

Certificados de criptografia TLS podem ser usados salvando-os em local padrão (p.e. diretório /etc/ssl/certs/ para Ubuntu). Para TLS, use o esquema tls://.

MySQL

Chave
Descrição Valor de retorno Parâmetros Comentários
mysql.db.discovery[connString, <username>, <password>]
Lista de bancos de dados MySQL. Usado para descobertas de baixo-nível. Resultado da consulta SQL "show databases" em formato LLD JSON. connString - URI ou nome de sessão.
username, password - credenciais de login no MySQL.
mysql.db.size[connString, <username>, <password>,dbName]
Tamanho do banco de dados em bytes. Resultado da consulta SQL "select coalesce(sum(data_length + index_length),0) as size from information_schema.tables where table_schema=?" para o banco de dados específico em bytes. connString - URI ou nome de sessão.
username, password - credenciais de login no MySQL.
dbName - nome do banco de dados.
mysql.get_status_variables[connString, <username>, <password>]
Valores de variáveis globais de estado. Resultado da consulta SQL "show global status" em formato JSON. connString - URI ou nome de sessão.
username, password - credenciais de login no MySQL.
mysql.ping[connString, <username>, <password>]
Testa se uma conexão está ativa ou não. 1 - conexão está ativa

0 - conexão está quebrada (se houver qualquer erro apresentado, incluindo problemas de AUTH e configuração).
connString - URI ou nome de sessão.
username, password - credenciais de login no MySQL.
mysql.replication.discovery[connString, <username>, <password>]
Lista de replicações MySQL. Usado para descobertas de baixo-nível. Resultado da consulta SQL "show slave status" em formato LLD JSON. connString - URI ou nome de sessão.
username, password - credenciais de login no MySQL.
mysql.replication.get_slave_status[connString, <username>, <password>, <masterHost>]
Estado da replicação. Resultado da consulta SQL "show slave status" em formato JSON. connString - URI ou nome de sessão.
username, password - credenciais de login no MySQL.
masterHost - nome do host de replicação principal (master).
mysql.version[connString, <username>, <password>]
Versão MySQL. String com versão da instância MySQL. connString - URI ou nome de sessão.
username, password - credenciais de login no MySQL.

Oracle

Chave
Descrição Valor de retorno Parâmetros Comentários
oracle.diskgroups.stats[connString,<user>,<password>,<service>]
Estatísticas de grupos de disco ASM. Objeto JSON connString - URI ou nome de sessão.
user, password - credenciais de login no Oracle.
service - nome de serviço Oracle.
oracle.diskgroups.discovery[connString,<user>,<password>,<service>]
Lista de grupos de disco ASM. Usado para descobertas de baixo-nível. Objeto JSON connString - URI ou nome de sessão.
user, password - credenciais de login no Oracle.
service - nome de serviço Oracle.
oracle.archive.info[connString,<user>,<password>,<service>]
Estatísticas de arquivamento de logs. Objeto JSON connString - URI ou nome de sessão.
user, password - credenciais de login no Oracle.
service - nome de serviço Oracle.
oracle.cdb.info[connString,<user>,<password>,<service>]
Informação de CDBs. Objeto JSON connString - URI ou nome de sessão.
user, password - credenciais de login no Oracle.
service - nome de serviço Oracle.
oracle.custom.query[connString,<user>,<password>,<service>, queryName, <args...>]
Resultado de uma consulta customizada. Objeto JSON connString - URI ou nome de sessão.
user, password - credenciais de login no Oracle.
service - nome de serviço Oracle.
queryName — nome de uma consulta customizada (deve ser igual ao nome de uma arquivo sql sem uma extensão).
args... — um ou vários argumentos separados por vírgula a serem passados em uma consulta.
oracle.datafiles.stats[connString,<user>,<password>,<service>]
Estatísticas de arquivos de dados. Objeto JSON connString - URI ou nome de sessão.
user, password - credenciais de login no Oracle.
service - nome de serviço Oracle.
oracle.db.discovery[connString,<user>,<password>,<service>]
Lista de bancos de dados. Usado para descobertas de baixo-nível. Objeto JSON connString - URI ou nome de sessão.
user, password - credenciais de login no Oracle.
service - nome de serviço Oracle.
oracle.fra.stats[connString,<user>,<password>,<service>]
Estatísticas FRA. Objeto JSON connString - URI ou nome de sessão.
user, password - credenciais de login no Oracle.
service - nome de serviço Oracle.
oracle.instance.info[connString,<user>,<password>,<service>]
Estatísticas de instância. Objeto JSON connString - URI ou nome de sessão.
user, password - credenciais de login no Oracle.
service - nome de serviço Oracle.
oracle.pdb.info[connString,<user>,<password>,<service>]
Informação sobre PDBs. Objeto JSON connString - URI ou nome de sessão.
user, password - credenciais de login no Oracle.
service - nome de serviço Oracle.
oracle.pdb.discovery[connString,<user>,<password>,<service>]
Lista de PDBs. Usado para descobertas de baixo-nível. Objeto JSON connString - URI ou nome de sessão.
user, password - credenciais de login no Oracle.
service - nome de serviço Oracle.
oracle.pga.stats[connString,<user>,<password>,<service>]
Estatísticas PGA. Objeto JSON connString - URI ou nome de sessão.
user, password - credenciais de login no Oracle.
service - nome de serviço Oracle.
oracle.ping[connString,<user>,<password>,<service>]
Testa se uma conexão ao Oracle pode ser estabelecida. 0 - conexão está quebrada (se houver qualquer erro apresentado, incluindo problemas de AUTH e configuração)
1 - conexão bem-sucedida.
connString - URI ou nome de sessão.
user, password - credenciais de login no Oracle.
service - nome de serviço Oracle.
oracle.proc.stats[connString,<user>,<password>,<service>]
Estatísticas de processos. Objeto JSON connString - URI ou nome de sessão.
user, password - credenciais de login no Oracle.
service - nome de serviço Oracle.
oracle.redolog.info[connString,<user>,<password>,<service>]
Informação de arquivo de log a partir do arquivo de controle. Objeto JSON connString - URI ou nome de sessão.
user, password - credenciais de login no Oracle.
service - nome de serviço Oracle.
oracle.sga.stats[connString,<user>,<password>,<service>]
Estatísticas SGA. Objeto JSON connString - URI ou nome de sessão.
user, password - credenciais de login no Oracle.
service - nome de serviço Oracle.
oracle.sessions.stats[connString,<user>,<password>,<service>,<lockMaxTime>]
Estatísticas de sessões. Objeto JSON connString - URI ou nome de sessão.
user, password - credenciais de login no Oracle.
service - nome de serviço Oracle.
lockMaxTime - duração máxima de travamento de sessão em segundos para contar a sessão como prolongadamente travada. Padrão: 600 segundos.
oracle.sys.metrics[connString,<user>,<password>,<service>,<duration>]
Um conjunto de valores de métricas de sistema. Objeto JSON connString - URI ou nome de sessão.
user, password - credenciais de login no Oracle.
service - nome de serviço Oracle.
duration - intervalo de captura (em segundos) de valores de métrica de sistema. Valores possíveis: 60 — longa duração (padrão), 15 — curta duração.
oracle.sys.params[connString,<user>,<password>,<service>]
Um conjunto de valores de parâmetros de sistema. Objeto JSON connString - URI ou nome de sessão.
user, password - credenciais de login no Oracle.
service - nome de serviço Oracle.
oracle.ts.stats[connString,<user>,<password>,<service>]
Estatísticas de tablespaces. Objeto JSON connString - URI ou nome de sessão.
user, password - credenciais de login no Oracle.
service - nome de serviço Oracle.
oracle.ts.discovery[connString,<user>,<password>,<service>]
Lista de tablespaces. Usado para descobertas de baixo-nível. Objeto JSON connString - URI ou nome de sessão.
user, password - credenciais de login no Oracle.
service - nome de serviço Oracle.
oracle.user.info[connString,<user>,<password>,<username>]
Informação de usuário. Objeto JSON connString - URI ou nome de sessão.
user, password - credenciais de login no Oracle.
username - um nome de usuário, para o qual a informação é necessária. Nomes de usuário em minúsculo não são suportados. Padrão: usuário atual.

PostgreSQL

Chave
Descrição Valor de retorno Parâmetros Comentários
pgsql.autovacuum.count[uri,<username>,<password>, <dbName>]
O número de processos de trabalho (workers) de autovacuum. Consulta SQL. uri - URI ou nome de sessão.
username, password - credenciais PostgreSQL.
dbName - nome do banco de dados.
pgsql.archive[uri,<username>,<password>, <dbName>]
Informação sobre arquivos arquivados. Consulta SQL em formato JSON. uri - URI ou nome de sessão.
username, password - credenciais PostgreSQL.
dbName - nome do banco de dados.
Os dados retornados são processados por itens dependentes:
pgsql.archive.count_archived_files - o número de arquivos WAL que foram arquivados com sucesso.
pgsql.archive.failed_trying_to_archive - o número de tentativas falhas de arquivamento de arquivos WAL.
pgsql.archive.count_files_to_archive - o número de arquivos a arquivar.
pgsql.archive.size_files_to_archive - o tamanho dos arquivos a arquivar.
pgsql.bgwriter[uri,<username>,<password>, <dbName>]
Número combinado de pontos de verificação (checkpoints) para o cluster de banco de dados, dividido por tipo de checkpoint. Consulta SQL em formato JSON. uri - URI ou nome de sessão.
username, password - credenciais PostgreSQL.
dbName - nome do banco de dados.
Os dados retornados são processados por itens dependentes:
pgsql.bgwriter.buffers_alloc - o número de buffers alocados.
pgsql.bgwriter.buffers_backend - o número de buffers escritos diretamente por um backend.
pgsql.bgwriter.maxwritten_clean - o número de vezes que um processo de background writer parou um scan de limpeza, porque havia escrito buffers demais.
pgsql.bgwriter.buffers_backend_fsync - o número de vezes que um backend teve que executar sua própria chamada de fsync em vez do processo de background writer.
pgsql.bgwriter.buffers_clean - o número de buffers escritos pelo processo de background writer.
pgsql.bgwriter.buffers_checkpoint - o número de buffers escritos durante checkpoints.
pgsql.bgwriter.checkpoints_timed - o número de checkpoints agendados que foram executados.
pgsql.bgwriter.checkpoints_req - o número de checkpoints requisitados que foram executados.
pgsql.bgwriter.checkpoint_write_time - a quantidade total de tempo gasto na porção de processamento de checkpoint onde arquivos são escritos no disco, em milisegundos.
pgsql.bgwriter.sync_time - a quantidade total de tempo gasto na porção de processamento de checkpoint onde arquivos são sincronizados com o disco.
pgsql.cache.hit[uri,<username>,<password>, <dbName>]
Taxa de acerto do cache de buffer PostgreSQL. Consulta SQL em porcentagem. uri - URI ou nome de sessão.
username, password - credenciais PostgreSQL.
dbName - nome do banco de dados.
pgsql.connections[uri,<username>,<password>, <dbName>]
Conexões por tipo. Objeto JSON. uri - URI ou nome de sessão.
username, password - credenciais PostgreSQL.
dbName - nome do banco de dados.
Os dados retornados são processados por itens dependentes:
pgsql.connections.active - o backend está executando uma consulta.
pgsql.connections.fastpath_function_call - o backend está executando uma função de caminho-rápido (fast-path).
pgsql.connections.idle - o backend está aguardando por um novo comando de cliente.
pgsql.connections.idle_in_transaction - o backend está em uma transação, mas não está executando uma consulta no momento.
pgsql.connections.prepared - o número de conexões preparadas.
pgsql.connections.total - o número total de conexões.
pgsql.connections.total_pct - porcentagem do total de conexões em relação à configuração ‘max_connections’ do servidor PostgreSQL.
pgsql.connections.waiting - número de conexões em uma consulta.
pgsql.connections.idle_in_transaction_aborted - o backend está em uma transação, mas não está executando uma consulta no momento e uma das declarações na consulta causou um erro.
pgsql.dbstat[uri,<username>,<password>, dbName]
Coleta estatísticas por banco de dados. Usado para descobertas de baixo-nível. Consulta SQL em formato JSON. uri - URI ou nome de sessão.
username, password - credenciais PostgreSQL.
dbName - nome do banco de dados.
Os dados retornados são processados por itens dependentes:
pgsql.dbstat.numbackends["{#DBNAME}"] - tempo gasto lendo blocos de arquivo de dados por backends neste banco de dados, em milisegundos.
pgsql.dbstat.sum.blk_read_time["{#DBNAME}"] - tempo gasto lendo blocos de arquivo de dados por backends neste banco de dados, em milisegundos.
pgsql.dbstat.sum.blk_write_time["{#DBNAME}"] - tempo gasto escrevendo blocos de arquivo de dados por backends neste banco de dados, em milisegundos.
pgsql.dbstat.sum.checksum_failures["{#DBNAME}"] - o número de falhas de checksum de páginas de dados detectadas (ou um objeto compartilhado), ou NULL se checksums de dados não estão habilitados.(apenas PostgreSQL versão 12)
pgsql.dbstat.blks_read.rate["{#DBNAME}"] - o número de leitura de blocos de disco neste banco de dados.
pgsql.dbstat.deadlocks.rate["{#DBNAME}"] - o número de deadlocks detectados neste banco de dados.
pgsql.dbstat.blks_hit.rate["{#DBNAME}"] - o número de vezes em que blocos de disco foram encontrados já no cache de buffer, de modo que uma leitura não foi necessária (isto inclui apenas acertos no cache de buffer do PostgreSQL Pro, não no cache do sistema de arquivo do Sistema Operacional).
pgsql.dbstat.xact_rollback.rate["{#DBNAME}"] - o número de transações neste banco de dados que foram revertidas.
pgsql.dbstat.xact_commit.rate["{#DBNAME}"] - o número de transações neste banco de dados que foram entregues.
pgsql.dbstat.tup_updated.rate["{#DBNAME}"] - o número de linhas atualizadas por consultas neste banco de dados.
pgsql.dbstat.tup_returned.rate["{#DBNAME}"] - o número de linhas retornadas por consultas neste banco de dados.
pgsql.dbstat.tup_inserted.rate["{#DBNAME}"] - o número de linhas inseridas por consulta neste banco de dados.
pgsql.dbstat.tup_fetched.rate["{#DBNAME}"] - o número de linhas buscadas por consultas neste banco de dados.
pgsql.dbstat.tup_deleted.rate["{#DBNAME}"] - o número de linhas eliminadas por consultas neste banco de dados.
pgsql.dbstat.conflicts.rate["{#DBNAME}"] - o número de consultas canceladas devido conflito com recuperação neste banco de dados (os conflitos ocorrem apenas em servidores em espera (standby)).
pgsql.dbstat.temp_files.rate["{#DBNAME}"] - o número de arquivos temporários criados por consultas neste banco de dados. Todos os arquivos temporários são contados, independentemente das configurações de log_temp_files e razões pelas quais os arquivos temporários foram criados (p.e., ordenação ou hashing).
pgsql.dbstat.temp_bytes.rate["{#DBNAME}"] - a quantidade total de dados escritos em arquivos temporários por consultas neste banco de dados. Inclui dados de todos os arquivos temporários, independentemente das configurações de log_temp_files e razões pelas quais os arquivos temporários foram criados (p.e., ordenação ou hashing).
pgsql.dbstat.sum[uri,<username>,<password>, <dbName>]
Dados resumidos para todos os bancos de dados em um cluster. Consulta SQL em formato JSON. uri - URI ou nome de sessão.
username, password - credenciais PostgreSQL.
dbName - nome do banco de dados.
Os dados retornados são processados por itens dependentes:
pgsql.dbstat.numbackends - o número de backends atualmente conectados a este banco de dados.
pgsql.dbstat.sum.blk_read_time - tempo gasto lendo blocos de arquivo de dados por backends neste banco de dados, em milisegundos.
pgsql.dbstat.sum.blk_write_time - tempo gasto escrevendo blocos de arquivos de dados por backends neste banco de dados, em milisegundos.
pgsql.dbstat.sum.checksum_failures - o número de falhas de checksum de página de dados detectado (ou em um objeto compartilhado), ou NULL se checksums de dados não estiverem habilitados (apenas PostgreSQL versão 12).
pgsql.dbstat.sum.xact_commit - o número de transações neste banco de dados que foram entregues.
pgsql.dbstat.sum.conflicts - estatísticas de banco de dados sobre consultas canceladas devido conflito com recuperação em servidores em espera (standby).
pgsql.dbstat.sum.deadlocks - o número de deadlocks detectados neste banco de dados.
pgsql.dbstat.sum.blks_read - o número de leitura de blocos de disco neste banco de dados.
pgsql.dbstat.sum.blks_hit - o número de vezes em que blocos de disco foram encontrados já no cache de buffer, de modo que uma leitura não fosse necessária (isto inclui apenas acertos no cache de buffer do PostgreSQL Pro).
pgsql.dbstat.sum.temp_bytes - a quantidade total de dados escritos em arquivos temporários por consultas neste banco de dados. Inclui dados de todos os arquivos temporários, independentemente das configurações de log_temp_files e razões pelas quais os arquivos temporários foram criados (p.e., ordenação ou hashing).
pgsql.dbstat.sum.temp_files - o número de arquivos temporários criados por consultas neste banco de dados. Todos os arquivos temporários são contados, independentemente das configurações de log_temp_files e razões pelas quais os arquivos temporários foram criados (p.e., ordenação ou hashing).
pgsql.dbstat.sum.xact_rollback - o número de transações revertidas neste banco de dados.
pgsql.dbstat.sum.tup_deleted - o número de linhas eliminadas por consultas neste banco de dados.
pgsql.dbstat.sum.tup_fetched - o número de linhas buscadas por consultas neste banco de dados.
pgsql.dbstat.sum.tup_inserted - o número de linhas inseridas por consultas neste banco de dados.
pgsql.dbstat.sum.tup_returned - o número de linhas retornadas por consultas neste banco de dados.
pgsql.dbstat.sum.tup_updated - o número de linhas atualizadas por consultas neste banco de dados.
pgsql.db.age[uri,<username>,<password>, dbName]
Idade do FrozenXID mais antigo do banco de dados. Usado para descobertas de baixo-nível. Consulta SQL para banco de dados específico em transações. uri - URI ou nome de sessão.
username, password - credenciais PostgreSQL.
dbName - nome do banco de dados.
pgsql.db.bloating_tables[uri,<username>,<password>, <dbName>]
O número de bloating tables por banco de dados. Usado para descobertas de baixo-nível. Consulta SQL. uri - URI ou nome de sessão.
username, password - credenciais PostgreSQL.
dbName - nome do banco de dados.
pgsql.db.discovery[uri,<username>,<password>, <dbName>]
Lista de bancos de dados PostgreSQL. Usado para descobertas de baixo-nível. Consulta SQL no formato LLD JSON. uri - URI ou nome de sessão.
username, password - credenciais PostgreSQL.
dbName - nome do banco de dados.
pgsql.db.size[uri,<username>,<password>, dbName]
Tamanho do banco de dados em bytes. Usado para descobertas de baixo-nível. Consulta SQL para banco de dados específico em bytes. uri - URI ou nome de sessão.
username, password - credenciais PostgreSQL.
dbName - nome do banco de dados.
pgsql.locks[uri,<username>,<password>, <dbName>]
Informação sobre bloqueios de permissão (granted locks) por banco de dados. Usado para descobertas de baixo-nível. Consulta SQL em formato JSON. uri - URI ou nome de sessão.
username, password - credenciais PostgreSQL.
dbName - nome do banco de dados.
Os dados retornados são processados por itens dependentes:
pgsql.locks.shareupdateexclusive["{#DBNAME}"] - o número de bloqueios Share Update Exclusive.
pgsql.locks.accessexclusive["{#DBNAME}"] - o número de bloqueios Access Exclusive.
pgsql.locks.accessshare["{#DBNAME}"] - o número de bloqueios Access Share.
pgsql.locks.exclusive["{#DBNAME}"] - o número de bloqueios Exclusive.
pgsql.locks.rowexclusive["{#DBNAME}"] - o número de bloqueios Row Exclusive.
pgsql.locks.rowshare["{#DBNAME}"] - o número de bloqueios Row Share.
pgsql.locks.share["{#DBNAME}"] - o número de bloqueios Shared.
pgsql.locks.sharerowexclusive["{#DBNAME}"] - o número de bloqueios Share Row Exclusive.
pgsql.oldest.xid[uri,<username>,<password>, <dbName>]
Idade do XID mais antigo. Consulta SQL. uri - URI ou nome de sessão.
username, password - credenciais PostgreSQL.
dbName - nome do banco de dados.
pgsql.ping[uri,<username>,<password>, <dbName>]
Testa se uma conexão está ativa ou não. 1 - conexão está ativa

0 - conexão está quebrada (se há qualquer erro apresentado, incluindo problemas de AUTH e configuração).
uri - URI ou nome de sessão.
username, password - credenciais PostgreSQL.
dbName - nome do banco de dados.
pgsql.replication.count[uri,<username>,<password>, <dbName>]
O número de servidores standby. Consulta SQL. uri - URI ou nome de sessão.
username, password - credenciais PostgreSQL.
dbName - nome do banco de dados.
pgsql.replication.recovery_role[uri,<username>,<password>, <dbName>]
Estado de recuperação. 0 - modo master
1 - recuperação ainda está em progresso (modo espera (standby))
uri - URI ou nome de sessão.
username, password - credenciais PostgreSQL.
dbName - nome do banco de dados.
pgsql.replication.status[uri,<username>,<password>, <dbName>]
O estado da replicação. 0 - streaming está fora
1 - streaming está no ar
2 - modo master
uri - URI ou nome de sessão.
username, password - credenciais PostgreSQL.
dbName - nome do banco de dados.
pgsql.replication_lag.b[uri,<username>,<password>, <dbName>]
Atraso de replicação em bytes. Consulta SQL em bytes. uri - URI ou nome de sessão.
username, password - credenciais PostgreSQL.
dbName - nome do banco de dados.
pgsql.replication_lag.sec[uri,<username>,<password>, <dbName>]
Atraso de replicação em segundos. Consulta SQL em segundos. uri - URI ou nome de sessão.
username, password - credenciais PostgreSQL.
dbName - nome do banco de dados.
pgsql.uptime[uri,<username>,<password>, <dbName>]
PostgreSQL uptime em milisegundos. Consulta SQL em milisegundos. uri - URI ou nome de sessão.
username, password - credenciais PostgreSQL.
dbName - nome do banco de dados.
pgsql.wal.stat[uri,<username>,<password>, <dbName>]
Estatísticas de WAL. Consulta SQL em formato JSON. uri - URI ou nome de sessão.
username, password - credenciais PostgreSQL.
dbName - nome do banco de dados.
Os dados retornados são processados por itens dependentes:
pgsql.wal.count - o número de arquivos WAL.
pgsql.wal.write - o WAL lsn usado (em bytes).

Redis

Chave
Descrição Valor de retorno Parâmetros Comentários
redis.config[connString,<password>,<pattern>]
Obtém os parâmetros de configuração de uma instância de Redis que corresponde ao padrão. JSON - se um padrão glob-style for usado

valor único - se o padrão não contém qualquer caracter coringa
connString - URI ou nome de sessão.
password - senha Redis.
pattern - padrão glob-style (* por padrão).
redis.info[connString,<password>,<section>]
Obtém a saída do comando INFO. JSON - saída é serializada como JSON connString - URI ou nome de sessão.
password - senha Redis.
section - seção de informação (por padrão configurado como padrão).
redis.ping[connString,<password>]
Testa se uma conexão está ativa ou não. 1 - conexão está ativa

0 - conexão está quebrada (se houver qualquer erro apresentado, incluindo problemas de AUTH e configuração)
connString - URI ou nome de sessão.
password - senha Redis.
redis.slowlog.count[connString,<password>]
O número de entradas de log lentas desde que o Redis foi iniciado. Inteiro connString - URI ou nome de sessão.
password - senha Redis.

S.M.A.R.T.

Chave
Descrição Valor de retorno Parâmetros Comentários
smart.attribute.discovery
Retorna uma lista de atributos de dispositivo S.M.A.R.T. Objeto JSON As seguintes macros e seus valores são retornados: {#NAME}, {#DISKTYPE}, {#ID}, {#ATTRNAME}, {#THRESH}.
Os tipos de drive HDD, SSD e NVME são suportados. Os drives podem estar sozinhos ou combinados em um RAID. {#NAME} terá um add-on em caso de RAID, p.e.: {"{#NAME}": "/dev/sda cciss,2"}
smart.disk.discovery
Retorna uma lista de dispositivos S.M.A.R.T. Objeto JSON As seguintes macros e seus valores são retornados: {#NAME}, {#DISKTYPE}, {#MODEL}, {#SN}.
Os tipos de drive HDD, SSD e NVME são suportados. Os drives podem estar sozinhos ou combinados em um RAID. {#NAME} terá um add-on em caso de RAID, p.e.: {"{#NAME}": "/dev/sda cciss,2"}
smart.disk.get
Retorna todas as propriedades disponíveis de dispositivos S.M.A.R.T. Objeto JSON Os tipos de drive HDD, SSD e NVME são suportados. Os drives podem estar sozinhos ou combinados em um RAID.
Os dados incluem versão smartctl e chamada de argumentos, e campos adicionais:
disk_name - contém o nome com os add-ons necessários para descoberta de RAID, p.e.: {"disk_name": "/dev/sda cciss,2"}
disk_type - contém o nome do tipo de disco HDD, SSD, ou NVME, p.e.: {"disk_type": "ssd"})

Systemd

Chave
Descrição Valor de retorno Parâmetros Comentários
systemd.unit.get[unit name,<interface>]
Retorna todas as propriedades de uma unidade systemd. Objeto JSON unit name - nome da unidade (você pode querer usar a macro {#UNIT.NAME} no protótipo de item para descobrir o nome)
interface - tipo de interface da unidade, valores possíveis: Unit (padrão), Service, Socket, Device, Mount, Automount, Swap, Target, Path
Este item é suportado apenas na plataforma Linux.

LoadState, ActiveState e UnitFileState para a interface Unit são retornados como texto e inteiro:
"ActiveState":{"state":1,"text":"active"}
systemd.unit.info[unit name,<property>,<interface>]
Informação sobre unidade (unit) Systemd. String unit name - nome da unidade (você pode querer usar a macro {#UNIT.NAME} no protótipo de item para descobrir o nome)
property - propriedade da unidade (p.e. ActiveState (padrão), LoadState, Description)
interface - tipo de interface da unidade (p.e. Unit (padrão), Socket, Service)
Este item permite obter uma propriedade específica de um tipo de interface específico, como descrito em API dbus.

Este item é suportado apenas na plataforma Linux.

Exemplos:
=> systemd.unit.info["{#UNIT.NAME}"] - coleta informação de estado ativo (active, reloading, inactive, failed, activating, deactivating (ativo, carregando, inativo, falhou, ativando e desativando, respectivamente)) sobre unidades do systemd descobertas
=> systemd.unit.info["{#UNIT.NAME}",LoadState] - coleta informação de estado de carregamento sobre unidades do systemd descobertas
=> systemd.unit.info[mysqld.service,Id] - obtém nome técnico do serviço (mysqld.service)
=> systemd.unit.info[mysqld.service,Description] - obtém descrição do serviço (MySQL Server)
=> systemd.unit.info[mysqld.service,ActiveEnterTimestamp] - obtém a útltima data em que o serviço entrou em estado ativo (1562565036283903)
=> systemd.unit.info[dbus.socket,NConnections,Socket] - coleta o número de conexões do socket desta unidade
systemd.unit.discovery[<type>]
Lista de unidades de systemd e seus detalhes. Usado para descoberta de baixo-nível. Objeto JSON type - valores possíveis: all, automount, device, mount, path, service (padrão), socket, swap, target Este item é suportado apenas na plataforma Linux.

Certificado web

Chave
Descriçaõ Valore de retorno Parâmetros Comentários
web.certificate.get[hostname,<port>,<address>]
Valida certificados e retorna detalhes de certificado. Objeto JSON hostname - pode ser IP ou DNS.
Pode conter o esquema de URL (https apenas), caminho (ele será ignorado), e porta.
Se uma porta é fornecida em ambos primeiro e segundo parâmetros, seus valores devem coincidir.
Se um endereço (o 3° parâmetro) é especificado, o nome de host é usado apenas para SNI e verificação de nome de host.
port - número de porta (padrão é 443 para HTTPS).
address - pode ser IP ou DNS. Se informado, ele será usado para conexão, e o nome de host (o 1° parâmetro) será usado para SNI, e verificação de host.
No caso de o 1° parâmetro ser um IP e o 3º parâmetro um DNS, o 1° parâmetro será usado para conexão, e o 3º parâmetro será usado para SNI e verificação de nome de host.
Este item se torna não suportado se o recurso especificado em host não existir ou estiver indisponível ou se a negociação TLS falhar com algum erro diferente de certificado inválido.

Atualmente, a extensão AIA (Authority Information Access) X.509, CRLs e OCSP (incluindo grampeamento OCSP), Transparência de Certificado, e CA Trust Store personalizados não são suportados.